UFC Night Fight 32: Belfort vs Henderson 09/11/2013
Santiago Ponzinibbio estreia no UFC preparado fisicamente por Claudio Pavanelli

Juan Reol , do Rio de Janeiro (RJ)

O UFC Night Fight 32: Belfort vs Henderson, que acontece no sábado (9), na Arena Goiânia, em Goiânia (GO), entra para a história marcado pela estreia de um lutador argentino, primeiro de seu país a lutar no Ultimate. Participante do TUF Brasil 2, o meio-médio Santiago Ponzinibbio enfrenta o americano Ryan LaFlare no card principal na primeira oportunidade de mostrar seu potencial. Finalista do reality show, ele fraturou a mão e não teve a oportunidade de disputar o título. Agora faz sua estreia oficial no maior evento de MMA do mundo. Atleta da Team Nogueira, ele se preparou fisicamente para a luta com o fisiologista e preparador físico Claudio Pavanelli na BEone – Núcleo de Desenvolvimento da Performance Humana, sediada no Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro (RJ).

Santiago Ponzinibbio durante treino de isometria no Espaço BEone
(Crédito da foto: Juan Reol) 

O argentino “Gente Boa” integrou a equipe de Rodrigo Minotauro Nogueira na segunda edição do reality show realizado no Brasil. Após sair da casa, decidiu entrar para a Team Nogueira. Ainda dentro do TUF Brasil 2 teve conhecimento do fisiologista e preparador físico Claudio Pavanelli, responsável pela preparação física da lenda do MMA e também de um dos professores dentro do reality, Vitor Miranda. Ao mudar de Santa Catarina para o Rio de Janeiro, fez questão de iniciar seus treinamentos físicos no Espaço BEone.

“Uma preparação física bem diferente da que estava acostumado a fazer. A verdade é que já tinha escutado os comentário, mas hoje em dia já posso falar que é realmente um prazer trabalhar com Pavanelli, um fisiologista de tão alto nível”, elogiou Santiago Ponzinnibio.

Atleta passou a trabalhar com Claudio Pavanelli após integrar a equipe Team Nogueira
(Crédito da foto: Juan Reol) 

Sobre a preparação para a luta e também o trabalho para alcançar sem problemas o peso de até 77kg, limite para os meio-médios, o argentino destacou as qualidades profissionais de Claudio Pavanelli que, além da preparação física de lutadores no Espaço BEone, é também o fisiologista da equipe profissional de futebol do Flamengo-RJ. “A verdade é que a gente fez um treino totalmente diferente do que estava acostumado a fazer e, sem dúvidas, vi uma evolução muito grande. As mudanças estão surtindo um efeito muito positivo”, finalizou o finalista do TUF Brasil 2, elogiando os métodos de treino em que foi submetido na BEone.

“Estou totalmente confiante para minha luta, sei que vou ter uma boa performance quanto ao meu desempenho físico. A gente fez um trabalho de dois meses e meio, quase três meses”, explicou. E em seguida voltou a elogiar o fisiologista e preparador físico Claudio Pavanelli: “A verdade é que, como falei antes, foi um prazer ter feito a preparação física para essa luta com Pavanelli. E não somente pela parte profissional como também pela pessoa que ele é, um profissional em todos os aspectos e um incrível ser humano também. Dá para ver e sentir sua confiança. Um cara caloroso e que sabe falar, sabe se comunicar com um atleta. Ele tem também muita experiência, já passou por muita coisa na vida, já foi atleta e está acostumado a lidar com os de alto rendimento. Ele sabe falar as palavras certas para nos motivar, para fazer com que encontremos nosso caminho”.

Santiago Ponzinibbio bateu 77,6kg na pesagem oficial do UFC Night Fight 32
(Crédito da foto: Divulgação) 

E continuou: “Então acho que a preparação física não foi somente a parte física como também um treinamento de nível completo, com um preparador físico de tanta qualidade como Pavanelli. Um prazer enorme ter feito minha preparação aqui na BEone”, disse.

Desta vez em poucas palavras, Santiago Ponzinibbio falou sobre sua estreia no UFC e o confronto contra o americano Ryan LaFlare. “Estou me sentindo mais que pronto para esta luta. Eu vou para uma guerra. Vida ou morte”, finalizou de maneira enfática.

A luta entre o argentino Gente Boa e o invicto americano – seu cartel é de oito lutas com oito vitórias - é a segunda do card principal. Ponzinibbio tem o recorde de 19 confrontos, sendo 18 vitórias e apenas uma derrota. O UFC Night Fight 32: Belfort VS Henderson tem início às 20 horas de sábado (9), com transmissão ao vivo do Canal Combate.

Santiago Ponzinibbio vs Ryan LaFlare: Números oficiais (Fonte: UFC.com)

UFC Fight Night 32: Belfort x Henderson - Goiânia (GO)
Card Principal

Peso-meio-pesado (até 93,4kg): Vitor Belfort x Dan Henderson
Peso-médio (até 84,4kg): Cezar Mutante x Daniel Sarafian
Peso-meio-pesado (até 93,4kg): Rafael Feijão x Igor Pokrajac
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Paulo Thiago x Brandon Thatch
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Santiago Ponzinibbio x Ryan LaFlare
Peso-pena (até 66,2kg): Rony Jason x Jeremy Stephens

Card preliminar
Peso-pena (até 66,2kg): Godofredo Pepey x Sam Sicilia
Peso-médio (até 84,4kg): Thiago Bodão x Omari Akhmedov
Peso-leve (até 70,8kg): Thiago Tavares x Justin Salas
Peso-leve (até 70,8kg): Adriano Martins x Daron Cruickshank
Peso-mosca (até 57,2kg): José Maria Sem Chance x Dustin Ortiz

Santiago Ponzinibbio enfrenta Ryan LaFlare na segunda luta do card principal do evento
(Crédito da foto: Divulgação) 

Sobre Claudio Pavanelli

Atualmente, Claudio Pavanelli atua na comissão técnica da equipe principal de futebol do Flamengo-RJ, clube que trabalha desde o início de 2011. No Espaço BEone, o fisiologista treina diretamente com feras do MMA internacional como Rodrigo Minotauro Nogueira e Rousimar Toquinho.

Ele é formado em Educação Física na Faculdade Metropolitanas Unidas (FMU), com pós graduação em Treinamento Desportivo também na FMU. É especializado em Condicionamento Físico Aplicado à Prevenção Cardiológica Primária e Secundária (INCOR) pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina. Claudio Pavanelli é do American College of Sports Medicine desde 1995.

Conhecido por seu trabalho nos departamentos de fisiologia de clubes de futebol como Corinthians-SP, Santos FC-SP (onde foi o responsável pela trabalho de fortalecimento físico dos Meninos da Vila Robinho, Diego, Neymar e Paulo Henrique Ganso), Palmeiras-SP, Atlético-MG e atualmente Flamengo-RJ, Claudio Pavanelli tem vasta experiência como preparador físico. Já trabalhou com o piloto de motovelocidade Alexandre Barros e com o iatista medalhista olímpico Robert Scheidt. Atualmente tem como clientes os lutadores de MMA Braga Neto, Vitor Miranda, Duda Yankovich, Vinícius Spartan e o surfista de ondas gigantes Felipe “Gordo” Cesarano.


O argentino "Gente Boa" em seu último treino físico antes do UFC Night Fight 32
(Crédito da foto: Juan Reol)